GISELA JOAO

View this page in english

Schimmel Center Apresenta Gisela João: Fado Puro de Portugal

Estreia em NYC, Sábado, dia 25 de Fevereiro de 2017 Cabeça-de-Cartaz do NY Fado Festival

Fadista que tem chegado ao top das vendas lança o novo disco, Nua

A fadista portuguesa Gisela João tem vindo a ter destaque na imprensa pela sua postura inabalável em relação à forma como aborda a mais tradicional música portuguesa. A sua voz evoca o fado como uma música cantada nas ruas, que é também a origem deste género musical, infundida com toda a devoção, paixão e honestidade de uma artista que volta a rescrever esta tradição em nome próprio. Gisela João fará a sua estreia em Nova Iorque, no Schimmel Center na Pace University, sábado dia 25 de fevereiro, às 19h30m, como parte do primeiro Festival de Fado de Nova Iorque.

Nua, o segundo CD da cantora, vem ampliar uma abordagem pioneira dentro do fado - o género musical português mais emblemático - com uma fresca e espirituosa tréplica de tradicionalismo instintivo, combinado com uma visão ousada do futuro do fado. Onde outros intérpretes transmitem fortes sentimentos do fado unicamente através das suas vozes, o fado de Gisela João repete a experiência de corpo inteiro: no palco, ela salta, ela gesticula, ela emociona-se. Fora do palco, as suas entrevistas são igualmente amplas e expansivas. De movimentos rápidos, ela discute desde fado a música house até à música ambiente, do Nick Cave até à Nina Simone, afirmando vincadamente que "todos os géneros musicais acabam por se influenciarem uns aos outros, porque a música desabrocha da própria vida."

O arco do surgimento meteórico da Gisela João tem sido tudo menos convencional. Nasceu em 1983 na cidade de Barcelos em Portugal, bem longe de Lisboa, o berço do fado. A sua carreira fadista iniciou-se em grande quando foi contrada com a estimada etiqueta Valentim de Carvalho (a Blue Note Records do fado). Gisela João como Nua foram gravados não em estéreis estúdios de gravação, mas em palácios da Velha Europa, localizados em Lisboa e seus arredores, com equipamento da gravação montado por dentro, e os seus interiores deixados como eram. O catálogo vídeo da Gisela João, cuja mera existência é uma raridade por um fadista, abraça um estilo visual forte, iconoclástico, que é expresso de uma maneira poderosa no seu "Labirinto ou não foi nada", aonde um artista travesti é a figura principal em cenas de intrigas teatrais e subterrâneas.

Com o lançamento do disco Nua, mergulhou ainda mais profundamente no território mais sagrado do cânone do fado - o repertório de Amália Rodrigues. Ao fazê-lo, ela estabelece uma excelente oportunidade de ajudar a redefinir as noções contemporâneas do fado.

A identidade de um fadista está patente nas letras e na orquestração que os próprios selecionam e vivem. E enquanto Gisela João engloba algumas das obras mais conhecidas da história do fado, não só incluindo aquelas relacionadas com Amália, mas também com Maria Teresa de Noronha, entre outros, a sua alquimia mais pujante é o futuro. A canção Noite de São João, do álbum "Nua" compartilha o seu nome e música com um fado antigo, mas tem letra escrita pela rapper Capicua. A letra narra a história de um romance com um rapaz muito vadio. Gisela João rejeita qualquer crítica de que a letra esteja de alguma forma abaixo do fado. Ela afirmou, com toda a razão, que o fado sempre foi um tipo de música de pessoas que vivem à margem da sociedade: trapaceiros, mandriões, homens do mar. Como ela diz, "Eu gosto de fado tradicional, puro e cru."

Nua recusa-se firmemente a dissolver o paradoxo entre tradição e inovação, surpreendentemente tradicional, porém com uma grande carga emocional. Salvo raras exceções, este álbum é uma seleção firme daquilo que faz parte do cânone do fado. De refinado gosto e grande inspiração, tais como "Um fado para esta Noite "e" Naquela Noite em Janeiro", são dois trabalhos que estão associados às grandes figuras Beatriz da Conceição e Argentina Santos. Outros exemplos são o marcante "Labirinto ou não foi nada", que irrompem de uma invenção musical selvagem, rigidamente controlada e magistralmente dirigida. Talvez as duas faixas mais controversas são as interpretações de dois clássicos do cantor brasileiro Cartola ("O Mundo é Um Moinho" e "As Rosas Não Falam"). Junto com a sua versão do clássico da música folclórica Mexicana, "Llorona", o que define estas faixas, para além de meras versões, é, contudo, a dedicação completa da cantora e dos seus músicos em trazê-las para dentro da esfera do fado. O resultado transfere à música de Gisela João um registo muito completo, alargando o âmbito da nossa concepção de fado, sem trair a sua tradição de mais de 200 anos.

A Gisela João será acompanhada por Ricardo Parreira na guitarra portuguesa, por Nelson Aleixo no viola do fado, e por Francisco Gaspar no viola baixa. O concerto será precedido por uma palestra sobre fado e conta com uma exposição sobre a sua história fornecida pelo Museu do Fado em Lisboa.

VÍDEO: "Meu Amigo Está Longe" https://youtu.be/KntKPfAq3j0

VÍDEO: "Labarinto ou Não Foi Nada" https://youtu.be/jyA813OUpOc

"Amália Rodrigues foi a grande fadista do século XX. (.) Sei e sinto, com a mesma força, que Gisela João é a grande fadista do século XXI." -Miguel Esteves Cardoso, Público

".Emoção crua e uma voz arrepiante" -Gonçalo Frota, Songlines UK

Schimmel Center da Pace University Apresenta Gisela João (NY Début)
Sábado, dia 25 de Fevereiro de 2017
The Schimmel Center
3 Spruce Street, Manhattan
18:00: Conversa com a Estudiosa do Fado, Dra. Lila Ellen Gray
19:30: Trio Acústico (Guitarra Portuguesa, Viola de Fado, Viola Baixo)
20:00: Gisela João
Bilhetes: $29, $39
http://schimmelcenter.org/event/new-york-fado-festival
Exposição sobre a história do fado será montada no vestíbulo do Schimmel Center

Curadoria de Isabel Soffer/Live Sounds em Parceria com os Consulados Gerais de Portugal em Nova Iorque e Newark

Sobre o Schimmel Center

Schimmel Center está localizado no coração do Downtown Manhattan no campus da Pace University. No Schimmel Center, a nossa missão é de apresentar artistas de fama internacional nas áreas de dança, cabarêt, música, comédia, palestras, música do mundo e actividades de família. A nossa ambição é fornecer bilhetes a custos que facilitem acesso aos talentosos artistas que pisam o palco do auditório íntimo do Schimmel Center. Assim as nossas audiências possam desfrutar de actuações únicas que nunca tenham sido vistas ou ouvidas, contribuindo desta maneira para a rica cultura de artes e de educação que tanto acarinhamos em Downtown Manhattan. Para mais informação, visite SchimmelCenter.org.

Twitter: @SchimmelTheatre
Facebook: facebook.com/PacePresents/
Youtube: Schimmel Center

Localização:
O Schimmel Center está localizado na 3 Spruce Street em Manhattan, muito perto da estação Fulton Center, distante ums quarteirões do One World Trade Center.

Via Subway: A, C, 2, 3, 4, 5, J, ou Z até Fulton Street (Saída "William Street")
4, 5, 6 até Brooklyn Bridge (Saída "Brooklyn Bridge")
R até City Hall (Saída "Broadway")

Via Comboio PATH:
PATH até paragem "World Trade Center"

Via Autocarro:
M1, M9, M15, M22, M102, B51 até paragem "Brooklyn Bridge/City Hall"
M6 to City Hall/Broadway

Outros Eventos do NY Fado Festival:

Sexta-Feira, 24 de Fev. Newark, NJ
Filme: História de uma Cantadeira (com Amália Rodrigues) 1947
18:15
Sport Club Português
55 Prospect Street
Newark, NJ 07003
GRATUITO
Para bilhetes e informação de empresa, contacte info@scpnewark.com
www.scpnewark.com

Domingo, 27 de Fev. New York, NY
DJ Ride & Stereossauro
21:30
Joe's Pub
425 Lafayette Street
New York, NY 10003
Contacto de Empresa: Yuri Kwon ykwon@publictheater.org
Bilhetes $15.00
http://www.publictheater.org/en/Tickets/Calendar/PlayDetailsCollection/Joes-Pub/2017/D/DJ-Ride--Fado-Express/?SiteTheme=JoesPub

Acerca do NY Fado Festival:

O primeiro Festival Anual de Fado de Nova Iorque é uma celebração desta tradição musical portuguesa, que apesar das suas raízes antigas, é sempre muito atual. Conhecido pelas suas melodias tristes e cheias de alma, levemente capturadas pela palavra saudade, ou anseio que evoca o passado, o fado é um símbolo grandioso de Portugal que nos recorda não só o tempo passado como também o tempo presente.

Em 2011, o Fado foi inscrito na Lista do Património Cultural Imaterial da UNESCO, cujo objectivo é garantir a preservação das heranças culturais importantes no mundo, e promover o seu conhecimento. O NY Fado Festival trará ofado, no seu modo tradicional até ao mais contemporâneo, sempre de formas surpreendentes.

O NY Fado Festival é produzido por Isabel Soffer/Live Sounds, e apoiado em parte pelos Consulados Gerais de Portugal em New York e em Newark, o Museu do Fado em Lisboa, TAP Portugal e EDP Renewables North America.

O Schimmel Center for the Arts é parceiro fundador do NY Fado Festival.

www.fadofestival.net