Click here to return to list of artists
Click on an image below to download hi-res version
Click here to download a high quality version of this image
Click here to download a high quality version of this image
Click here to download a high quality version of this image
Click here to download a high quality version of this image
Click here to download a high quality version of this image
Click here to download a high quality version of this image
Click here to download a high quality version of this image
Click here to download a high quality version of this image
Click here to download a high quality version of this image
Click here to download a high quality version of this image

BAM FADO

View this page in English

Vibrante cultura e música portuguesa ganham vida em BAM através da produção de Tudo Isto É Fado

Apresentado dia 2 e 3 de dezembro em sua estreia nos EUA como parte do Festival Next Wave de BAM 2011

Com a atuação de Lisboa Soul, Camané, Deolinda e Amália Hoje

Produzido por Tempest Entertainment e BAM

BAM comemora o seu aniversário de 150 anos até dezembro de 2012

Festival BAM Next Wave 2011 é patrocionado por American Express

150° aniversário de BAM é patrocionado por Chase


BAM Howard Gilman Opera House (30 Lafayette Ave)
2 de dezembro às 20:00: Lisboa Soul e Camané
3 de dezembro às 20:00: Deolinda e Amália Hoje
Bilhetes a partir de $25

Discurso de Artista: Fado: História; Fado: Forma com Lila Ellen Gray
3 de dezembro às 18:30
BAM Hillman Attic Studio
Bilhetes: $10 ($5 para os Amigos de BAM)

BAMcafé Ao Vivo Em conjunto com Tudo Isto É Fado, BAMcafé Ao Vivo apresenta uma celebração contínua de fado no dia 2 e 3 de dezembro a seguir às performances da Opera House:
2 de dezembro: Nathalie Pires
3 de dezembro: Tasca, com a atuação de Ricardo Parreira, Marco Oliveira, Manuel D’Oliveira, Micaela Vaz, Vania Conde

BAMcinématek apresenta Uprise: Novo Cinema Português
Esta série destaca a onda de novos talentos que dão continuidade à tradição de Portugal do Cinema Novo, com o trabalho de jovens diretores português, como Miguel Gomes, Sandro Aguilar, e João Pedro Rodrigues, juntamente com uma apresentação especial da magistral Mysteries of Lisbon de Raul Ruiz

1 a 6 de dezembro
BAM Rose Cinemas
Bilhetes: $12 ($7 para membros do BAM Cinema Club)

Brooklyn, NY/9 de novembro, 2011—Com intensidade fumegante e um coração saudoso, Tudo Isto É Fado baseia-se na poesia e os sons sedutores do fado, o estilo da canção nacional emotiva, numa apresentação especial de duas noites.

Tudo Isto É Fado dá aos nova-iorquinos uma visão geral do fado, passando pelas primeiras influências do gênero a uma perspectiva contemporânea sobre a música profundamente emocional, que está entrelaçada com a identidade, história e cultura de Portugal. O programa desafia os estereótipos atuais do fado e explora as maneiras pelas quais essa complexa tradição poética continua a inspirar jovens cantores e músicos de hoje. Mesmo para os americanos que estão familiarizados com fado, este festival vai ser uma revelação. Os artistas que aparecem – muitos dos quais nunca se apresentaram antes nos Estado Unidos – têm levado consigo a tradição do fado e encontrado uma maneira única e pessoal de honrar suas raízes ao mesmo tempo em que refraccionam-lo através de uma lente moderna.

Apresentando-se dia 2 de dezembro está o Lisboa Soul, um coletivo de uma só vez de guitarristas virtuosos portugueses e um conjunto de cantores. Liderado pelo diretor musical Ricardo Parreira e YAMI, o grupo de varias gerações que inclui as lendas do fado Beatriz Da Conceição e Rodrigo, Lisboa Soul explora as raízes do fado através da história única da cidade portuária de Lisboa e expõe as suas influências, que oscilam desde a guitarra árabe até ao folk afro-brasileiro.

Também apresentando-se no dia 2 de dezembro está o cantor Camané, um aventureiro musical que é considerado um dos músicos mais proeminentes de fado tradicional do país — um guardião da alma nacional. Sua voz já rendeu-lhe aplausos de um amplo espectro de fãs de fado. Apesar de Uma Noite de Fado, o álbum de estréia de Camané ter sido lançado em 1995, ele já canta profissionalmente há duas décadas. Desde então, ele lançou sete álbuns que foram ouro ou platina, e ganharam elogios da crítica, o mais importante sendo aquele da geração de fadistas mais velhos. Sua apresentação no BAM contará com seleções de seu último aclamado lançamento, Do Amor e Dos Dias.

A abertura do programa no dia 3 de dezembro é feita pelo quarteto acústico Deolinda. O grupo começou como um experimento lúdico, em que os quatro músicos criavam canções de histórias sobre uma jovem garota chamada Deolinda, que adorava fado, morava sozinha com um peixe-dourado, e cantava sobre a vida da rua que ela via da sua janela com cortinas de renda em Lisboa. As atuações do grupo mostraram-se tão populares que seu lançamento de estréia, Canção ao Lado (2008), foi multiplatina. Seu segundo lançamento, Dois Selos e Um Carimbo (2010) ainda permanece nas mais tocadas do estilo. A cantora do grupo, Ana Bacalhau, tem uma grande voz teatral que lembra cantores clásicos de fado, enquanto o conjunto (com seus primos, irmãos Pedro da Silva Martins e Luis José Martins, e seu marido, o baixista José Pedro Leitão) investiga o moderno, ecoando a diversidade e o dinamismo de Lisboa, com humor e uma piscadela de ironia.

Para completar a trajetória do tradicional ao contemporâneo, a seleção do dia 3 de dezembro fecha com Amália Hoje, um grupo de músicos de rock português que refizeram algumas canções clássicas, que ficaram famosas através do ícone do fado Amália Rodrigues. A partir dos arquivos de um dos mais antigos rótulos de discos em Portugal, os membros Valetim de Carvalho, Nuno Gonçalves (The Gift), Sonia Tavares (The Gift), Paulo Praça (Plaza) e Fernando Ribeiro (Moonspell) lançaram um disco sensacional, Amália Hoje, em 2009. Uma mistura de rock orquestral e música eletrônica minimalista, a gravação se tornou um dos lançamentos mais bem sucedidos na história recente portuguesa. O lançamento nos EUA de Amália Hoje no rótulo “Four Quarters “ está programado para coincidir com a estréia do grupo nos EUA em BAM.

Após as apresentações no Howard Gilman Opera House, BAMcafé Ao Vivo apresentará atuações adicionais de fado num ambiente íntimo. Nathalie Pirés, a cantora portuguesa-americana que vive em New Jersey vai realizar sua performance no dia 2 e 3 de dezembro. Nesse espetáculo, BAMcafé Ao Vivo será transformado numa taberna ou tasca de Lisboa onde músicos de Lisboa Soul vão se alternar a cantar como se estivessem numa pequena "casa de fado".

A questão de onde se originou o fado-Brasil, África, os mouros, ou com os trovadores - é um tema de intenso debate. No entanto, não existe muita dúvida de que vem da alma portuguesa. Surgindo no início do século 19, o fado se fermentou em tascas, pegando influências dentro de Portugal e do vasto império desta pequena nação marítima. Logo, tornou-se uma manifestação do senso de identidade do país, encapsulado em uma saudade inevitável, seja por um amor perdido, seja por uma casa deixada para trás, ou pela nostalgia atenuada pelo mar circundante.

No século 20, o fado era dominado por Amália Rodrigues, que era o rosto e a voz do gênero por décadas até sua morte na década dos 90. Em meados do século 20, o gênero foi visto por muitos portugueses como intrinsecamente ligado ao nacionalismo de mão dura da ditadura do país. Mesmo após a Revolução dos Cravos não-violenta de 1974, a música era evitada por muitos portugueses por causa da sua associação com o regime anterior.

No entanto, o sabor amargo do regime dissipou com o tempo, e na década de 1990, cantores mais jovens começaram a ressuscitar o fado, afastando-se o xale preto onipresente e o grande drama da tempestuosa Rodrigues. Músicos e ouvintes redescobriram a emoção e beleza negra da música, que, como seu primo Ibérico, o flamenco, valorizava a capacidade de um músico para se conectar com o público trazendo à luz as mais profundas das emoções.

Cantores como Misia, Mariza, Dulce Pontes, Ana Moura e Cristina Branco re-popularizaram a música em casa para uma nova geração de portugueses e começaram a atingir o público internacional.

Hoje, em Portugal, o fado tornou-se um gênero popular multifacetado, e a cidade capital portuária de Lisboa o coração apaixonado de seu renascimento criativo. Pela primeira vez nos Estados Unidos, o Festival BAM Next Wave traz um olhar para a nova cena do fado que está a chamar a atenção fora de Portugal – é uma música que está a cativar audiências em salas de concerto e íntimas tascas que tradicionalmente foram incubadoras da inovação. Tudo Isto É Fado apresenta uma visão panorâmica muito importante sobre a história e o futuro do fado, um género que definiu Portugal por gerações.

Para obter informações de imprensa contacte Cindy Byram, cindybyramPR@aol.com, 201.400.4104 ou Sarah Garvey, sgarvey@BAM.org, 718.724.8025.

Créditos
American Express é o patrocinador do Festival BAM Next Wave 2011.

Apoio liderança para o Festival Next Wave é fornecido pela Fundação Ford.

Tudo Isto É Fado faz parte da Diverse Voices (Vozes Diversas) no BAM patrocinado pela Time Warner Inc.

A programação no BAM Howard Gilman Opera House é sustentado e apoiado pelo Gilman Howard Foundation.

Apoiantes do Festival BAM Next Wave 2011 incluem: brigitte nyc; Estate de Richard B. Fisher; A Fundação Howard Gilman; O Charitable Trust Leona M. & Harry B.Helmsley; A Fundação Rita e Alex Hillman; A Fundação Andrew W. Mellon; A Fundação Barbro Osher Pro Suecia; A Fundação Peter Jay Sharp; A Fundação SHS; A Fundação Shubert, Inc.; A Fundação Skirball; A Fundação Starr; A Fundação Winston, Inc.; Target; A Fundação Time Warner e os Amigos de BAM e o BAM Cinema Club. Sovereign Bank é o patrocinador do Marquee de BAM. Yamaha é o piano official de BAM. R/GA é o patrocinador de BAM.org. New York Marriott no Brooklyn Bridge é o hotel oficial de BAM. 

Informação Geral
BAM Howard Gilman Opera House, BAM Rose Cinemas, e o BAMcafé estão localizados no prédio Peter Jay Sharp na Avenida 30 Lafayette (entre a Rua St Felix e Ashland Place) no bairro Fort Greene de Brooklyn. O Teatro BAM Harvey esta localizado a duas quadras do prédio principal na Rua Fulton 651 (entre Ashland e Rockwell Places). Ambos locais possuem os Greenlight Bookstore nos quiosques do BAM. BAM Rose Cinemas é a única casa de filme do Brooklyn dedicada a primeira execução de filmes independentes e estrangeiros e programação repertório. O BAMcafé, operado pela Great Performances, está aberto para jantar antes das atuações da noite do BAM Howard Gilman Opera House. O BAMcafé também apresenta uma eclética mistura de palavra falada e música ao vivo para BAMcafé ao vivo em noites de sexta e sábado, com um menu especial BAMcafé Live, disponível a partir de 18:00.

Metro: 2, 3, 4, 5, Q, B para Atlantic Avenue ((2, 3, 4, 5 a Nevins St de Harvey Theater) D, N, R para Pacific Street; G para Fulton Street; C para Lafayette Avenue

Comboios: Long Island Railroad para o Terminal de Atlantic

Autocarros: B25, B26, B41, B45, B52, B63, B67 todos parar dentro de três blocos de BAM

Carro: estacionamentos comerciais estão localizados ao lado de BAM Para bilhetes e informação Bambus, ligue para BAM Ticket Serviços em 718.636.4100, ou visite BAM.org.